Selo e Certificação IBD

A Namastê tem como princípio fundamental produzir sem desmatar. Baseada nos princípios da Antroposofia, corrente filosófica desenvolvida pelo austríaco Rudolf Steiner no século XX, onde o homem e a natureza estão integrados entre si e com o universo, a Namastê trabalha com uma visão alternativa de agricultura.

Desde 2005, pequenos agricultores produzem de forma sustentável, as ervas dos chás Namastê sem a utilização de produtos químicos, preocupando-se, desta forma, em não agredir a saúde humana e o meio ambiente.

A agricultura biodinâmica, como é chamada, beneficia, ainda, várias famílias a partir da agricultura familiar, processo pelo qual pequenos e médios agricultores diversificam produtos cultivados para diluir custos.

A antroposofia está presente, ainda, nas caixinhas dos chás Namastê. A artista plástica Cida Dias baseou-se na teoria para criar as imagens que ilustram perfeitamente o compromisso eco-social que a Namastê tem desde a produção ao consumo de seus chás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *